2
1

Encerrou nesta sexta-feira a última etapa do Governo Presente.

23/11/2019 06h09Atualizado há 2 semanas
Por: Redação

A 6° e última etapa do projeto “Governo Presente”, aconteceu nos dias 20, 21 e 22 de novembro, no município de Dourados, com a participação de representantes de 17 municípios da região. Segundo o Governador Reinaldo Azambuja, o projeto teve como meta ouvir e estreitar as relações com as lideranças regionais, independente de cores partidárias, bem como tornar possível fazer um raio-x das prioridades de cada um dos 79 municípios do estado. Desde setembro deste ano ele percorre o MS colhendo dados e informações para nortear as ações de seu governo para os próximos 3 (três) anos em todas às áreas de serviços e obras públicas.

Os representantes dos municípios compareceram com a incumbência de levar as principais demandas de seus munícipes junto às autoridades estaduais.

A comitiva de Ponta Porã, chefiada pelo prefeito Helio Peluffo, acompanhado pelos vereadores, secretários e demais lideranças locais foram recebidos na quinta-feira (21) pelo governador e sua equipe.

De acordo com as declarações de Peluffo através do portal oficial do município, a principal reivindicação entregue ao governador e sua equipe, foi o projeto da duplicação de trecho da Rodovia MS-164, que liga Ponta Porã à Maracaju. O encontro de Dourados e demais encontros realizados, contaram com a participação do governador Reinaldo Azambuja, deputados, secretários de estado e membros da sociedade civil organizada. O Secretário de Infraestrutura Eduardo Riedel, teve atuação fundamental no projeto, ao lado de Sérgio de Paula e demais membros da administração estadual. “Durante as audiências regionais ficou nítido o empenho e disposição de Riedel no sentido de buscar atender de pronto as principais reivindicações apresentadas pelos prefeitos e vereadores de todo o Mato Grosso do Sul,” observou um servidor.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias