Epidemia Dor

‘Fiquei com medo de morrer’, diz idoso agredido a socos durante roubo de Chevette

Chevette foi encontrado em frente a um lava-jato no Aero Rancho

14/01/2020 10h34
Por: Redação
Fonte: midiamax
Idoso ficou com vários hematomas, por causa das agressões (Henrique Arakaki, Midiamax)
Idoso ficou com vários hematomas, por causa das agressões (Henrique Arakaki, Midiamax)

“Fiquei com medo de morrer”, esta foi a frase que o idoso de 70 anos disse quando foi agredido a socos durante o roubo de seu veículo Chevette, na noite desta segunda-feira (13), no Jardim Leblon, em Campo Grande. O carro foi recuperado durante a madrugada desta terça-feira (14) pela polícia, em um lava-jato.

 

Com o olho roxo e assustado, a vítima contou ao Jornal Midiamax que os bandidos foram bem agressivos durante o assalto, e que em nenhum momento esboçou reação sendo agredido com socos no rosto. “Só pensava em chegar em casa rápido para chamar a polícia”, disse o pintor de carros.

 

A vítima contou que estava a caminho de casa depois de deixar um casal de amigos na residência deles, no Jardim União, e que estava a 10 minutos de chegar ao seu imóvel, quando reduziu a velocidade em uma lombada e percebeu que dois homens que estavam na calçada já vieram em sua direção apontado uma arma.

 

Um deles entrou pelo lado do passageiro e o outro no banco traseiro, sendo que já passaram a agredi-lo exigindo as chaves do carro e mandando que ele saísse. “Fiquei com medo de morrer”, falou o idoso. Em seguida, ele saiu e correu até a sua casa para chamar a polícia, e os bandidos levaram o carro.

 

O assalto aconteceu por volta das 20h40 da noite de segunda (13), e o carro foi encontrado por volta da 1 hora da madrugada desta terça (14), em frente a um lava-jato, no bairro Aero Rancho. Três pessoas foram abordadas pela polícia.

 

Durante a abordagem, um dos autores disse ter pegado o carro com uma pessoa conhecida por ‘neguinho’ e que depois pegou os outros dois para fumar maconha no lava-jato. Todos foram levados para a delegacia e o idoso reconheceu como autores do assalto.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias