epidemia falta de atitude

Frango: cotações positivas motivadas pela proximidade do retorno das aulas, alta do dólar, do boi e entrada de salários

Preços melhorando no mercado de frango nesta quarta-feira (12).

13/02/2020 06h17
Por: Redação
Fonte: Conteudoms
58

De acordo com Douglas Coelho, analista da Radar Investimentos, além da entrada dos salários, que favorece a demanda, também motivam o aumento nos preços aspectos como a mudança de hábito da população, que tem consumido mais proteína animal, o retorno das aulas e a alta do dólar, que dá fôlego às exportações.

 

“Um paralelo que pode colaborar com cenário de firmeza nos preços, é que o frango e o suíno são proteínas mais baratas conta, e o que a gente vê agora é o mercado do boi com a carne subindo no atacado, e se isso for repassado para o varejo, a gente pode ver o retorno da competitividade dessas duas proteínas”.

 

De acordo com a Scot Consultoria, em São Paulo a ave de granja teve aumento de 3,23%, chegando em R$ 3,20 o quilo, enquanto no atacado o frango subiu 1,14%, atingindo o valor de R$ 4,45 o quilo.

 

Houve aumento também para o frango vivo em São Paulo, alta de 3,39%, cotado em R$ 3,05 o quilo. Já no Paraná e em Santa Catarina, o quilo da ave permaneceu com preço estável, R$ 3,39 e R$ 2,51, respectivamente.

 

Segundo dados do Cepea/Esalq, referentes à terça-feira (11), subiram também os preços da ave congelada e da resfriada. O frango congelado teve preço aumentado em 1,05%, fechando com valor de R$ 4,81/kg, enquanto a ave resfriada subiu 0,63%, cravando R$ 4,77/kg.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.