Tarde Demais

Resultado sobre caso suspeito de novo coronavírus é esperado para esta 5ª

Jovem de 24 anos está internado em Ponta Porã, depois de ter passado pela China

26/02/2020 17h48
Por: Redação
Fonte: campograndenews
80
A secretária-adjunta de Saúde, Christine Fernandes, após reunião de comitê criado para monitorar casos de novo coronavírus em MS. (Foto: Kísie Ainoã)
A secretária-adjunta de Saúde, Christine Fernandes, após reunião de comitê criado para monitorar casos de novo coronavírus em MS. (Foto: Kísie Ainoã)

O COE (Centro de Operações de Emergência), criado pelas autoridades de saúde para medidas em relação ao novo coronavírus em Mato Grosso do Sul, espera para esta quinta-feira (27), o resultado do primeiro exame que vai confirmar, ou não, se um jovem morador de Ponta Porã, cidade fronteiriça ao Paraguai, contraiu a doença durante passagem recente pela China. A expectativa é que o resultado saia ao meio-dia.

O rapaz está internado no isolamento em Ponta Porã, depois de ter apresentado sintomas como coriza, na volta ao Brasil, na semana passada. Em razão do surgimento dessa suspeita, o COE, que faz reuniões periódicas, antecipou a agenda de segunda-feira para esta quarta-feira (26).

A secretária-adjunta de Saúde, Christinne Gonçalves, falou em nome do grupo e, o tempo todo, ressaltou tratar-se de suspeita. Ela explicou que as primeiras amostras de sangue colhidas para exame foram encaminhadas ao Lacen (Laboratório Central) que, por sua vez, entrou em contato com o Adolf Lutz, em São Paulo, preparado para esse tipo de teste laboratorial.

De acordo com ela, também está sendo feito o contato com as pessoas com quem o jovem internado conviveu nos últimos dias, como parte do rastreamento.

Christine salientou que uma decisão sobre quarentena, inclusive da família do rapaz, só serátomada após o resultado do primeiro exame. Até lá, ele continua internado em isolamento, disse.

 O caso já foi notificado ao Ministério da Saúde, mas ainda não consta na estatística nacional. O ministro Luiz Henrique Mandetta deu entrevista coletiva hoje para falar da confirmação do primeiro caso no Brasil, de um homem de 62 anos, internado no Hospital Albert Einsten, em São Paulo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.