Tarde Demais

Em Ponta Porã, Homem é executado a tiros de metralhadora no Residencial

O crime mobilizou moradores e equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e da Polícia Militar, que foram ao local.

28/02/2020 06h05
Por: Redação
Fonte: pontaporainforma
322
Crime aconteceu em um lava jato (Foto: Direto das Ruas)
Crime aconteceu em um lava jato (Foto: Direto das Ruas)

Foi identificado como Sérgio Everton Gonçalves de Sousa de 24 anos, o homem assassinado na tarde desta quinta-feira (27) no Residencial Ponta Porã 1. De acordo com uma testemunha um veículo SUV preta com placas do Paraguai entrou no Lava Jato Prime e um homem usado uma bala-clava (máscara) desceu do carro com um Fuzil nas mãos e foi atirando contra Sérgio até descarregar toda a munição da arma.

 

A testemunha disse que apenas se protegeu e que a vítima do assassino era Sérgio que foi o único alvo do atirador.

 

O motorista da caminhonete ficou no carro que estava ligado e depois do crime o pistoleiro voltou para o carro e deixaram o local. A testemunha disse que acionou o SAMU, mas quando os socorristas chegaram apenas atestaram o óbito de Sérgio.

 

Peritos da Polícia Civil que estiveram no local recolheram diversos cartuchos de calibre 5.56 e de pistola 9 milimetros, o que indica que mais de uma arma foi usada no homicídio, apesar da testemunha não ter relatado isso para a polícia.

 

Outros casos –

 

Na tarde de ontem um homem suspeito de cometer roubos no Paraguai morreu durante perseguição policial. Na tentativa de escapar da prisão, fugiu de moto para o lado brasileiro da fronteira, mas colidiu em outro veículo na Rua Marechal Floriano. Ele morreu no local e a mulher que era passageira foi socorrida em estado grave.

 

Na noite de terça-feira a polícia registrou o desaparecimento de Edgar Rolando Chávez, de 29 anos. O rapaz estava bebendo próximo a um campo de futebol no Bairro San Gerardo, em Pedro Juan Caballero, quando recebeu uma ligação e deixou o local com o próprio veículo, um VW Gol.

 

O carro foi encontrado pouco depois, completamente carbonizado. O caso é investigado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.