Tarde Demais

Hospital Regional de Ponta Porã (MS) orienta profissionais sobre medidas de proteção contra o Coronavírus

Horários de visita serão restringidos para evitar circulação elevada de pessoas na unidade de saúde; capacitação constante garante segurança a profissionais, pacientes e familiares

19/03/2020 09h19
Por: Redação
Fonte: Hospital Regional de Ponta Porã (MS)
111
Orientações aos colaboradores sobre medidas de proteção, cuidados, uso de equipamento de proteção individual e manejo de pacientes
Orientações aos colaboradores sobre medidas de proteção, cuidados, uso de equipamento de proteção individual e manejo de pacientes

O Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, em Ponta Porã (MS), realizou na última segunda-feira (16/03) orientações aos colaboradores sobre medidas de proteção, cuidados, uso de equipamento de proteção individual e manejo de pacientes que podem chegar com suspeita de Coronavírus (Covid-19). As informações foram repassadas pelo médico infectologista da unidade, Pablo Marinho Custódio, e a gerente de enfermagem, Edna Candido. O treinamento teve intuito de esclarecer as medidas preconizadas pelo Ministério da Saúde. O hospital é gerenciado pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

 

“É importante seguir todas as medidas de higiene e proteção. Durante o atendimento a pacientes com infecção suspeita ou confirmada para novo Coronavírus, o profissional deve usar equipamentos de proteção como máscara cirúrgica, luvas, aventais descartáveis de mangas longas, gorro e óculos de proteção. O cuidado com a higienização das mãos é essencial, antes e depois do atendimento”, orientou Pablo Custódio.

Hospital Regional de Ponta Porã (MS) orienta profissionais sobre medidas de proteção contra o Coronavírus

 

Na unidade, a direção tomou medidas para evitar a disseminação do vírus e preservar a segurança dos pacientes. A gerente de enfermagem, Edna Candido, explica a alteração no horário de visita para diminuir o número de visitantes que circulam no hospital. 

 

“As visitas para UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e leitos do semi-intensivo serão realizadas no período matutino, das 11h às 12h (apenas um visitante por paciente). Visitas para as clínicas médica, ortopédica, pediátrica e maternidade serão no período vespertino, das 17h às 18h (apenas um visitante por paciente). Por motivos de segurança, está proibida a permanência de acompanhantes gestantes, idosos e pessoas com sintomas gripais (tosse, espirro e coriza). É importante que todo visitante higienize as mãos com água e sabão, álcool gel e mantenha distância ao tossir ou espirrar. A higienização deve ser feita antes e após a visita”, recomendou.

 

Os pacientes que chegarem à unidade com sintomatologia de gripe serão encaminhados para atendimento médico imediato. Na classificação de risco, os pacientes com sintomas do novo Coronavírus serão triados, paramentados com máscara de proteção e encaminhados para uma área de isolamento. A direção do hospital e Instituto Acqua, organização que administra a unidade, têm disponibilizado capacitação constante a médicos e enfermeiros, leitos de isolamento e paramentação adequada de proteção, tais como: máscaras, luvas, gorros e aventais, promovendo segurança a pacientes e profissionais da saúde.

 

Como se prevenir?

 

De acordo com o Ministério da Saúde é importante lavar as mãos com água e sabão, utilizar álcool em gel e, ao tossir ou espirrar, cobrir a boca e nariz com lenço descartável ou com o antebraço; evitar contato das mãos com boca, nariz e olhos, manter distância de pessoas resfriadas e evitar abraçar, beijar, apertar as mãos ou tocar no rosto dos colegas. Evitar aglomerações também é recomendado.

 

As informações foram repassadas pelo médico infectologista da unidade, Pablo Marinho Custódio

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.