coronavirus2

Morre primeira vítima do coronavírus em Mato Grosso do Sul

Idosa de 64 anos é de Batayporã e morreu em Dourados

31/03/2020 16h15
Por: Redação
Fonte: midiamax
147
Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

Morreu nesta terça-feira (31), em Dourados, distante 225 quilômetros de Campo Grande, a idosa de 64 anos que estava internada com coronavírus. A paciente, Eleuzi Nascimento, é de Batayporã e estava internada no Hospital da Cassems, na cidade.

A secretaria municipal de saúde de Dourados confirmou a morte no início da tarde desta terça. A SES (Secretaria de Estado de Saúde) anunciou coletiva de imprensa para detalhes sobre o caso.

 

Conforme informações repassadas pela saúde de Dourados na semana passada, a Eleuzi manteve contato com familiar que esteve na Bélgica e estava isolada no Hospital da Cassems. Além disso, a paciente possui histórico de doença pulmonar e inicialmente teria sido internada em Nova Andradina, com notificação feita no dia 24 de março e foi transferida para Dourados na tarde de quinta-feira (26).

Coronavírus em MS

Até a tarde desta segunda-feira (30), segundo a SES, eram 44 casos confirmados de Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Ao todo, até ontem, o estado tinha 524 notificações da doença e outros 51 casos sob investigação.

 

Dos oito novos casos em MS, 7 são em Campo Grande: duas pessoas contraíram a doença em São Paulo e uma pessoa contraiu no Rio de Janeiro. Outros 4 campo-grandenses tiveram contato direto com pessoas já infectados pelo vírus. Em Batayporã, o terceiro caso foi confirmado em uma mulher, de 30 anos que teve contato com uma pessoa infectada.

 

As cidades de Anastácio, Caarapó, Camapuã, Dois Irmãos de Buriti, Fátima do Sul, Naviraí possuem um caso suspeito. Bataguassu e Rio Verde de Mato Grosso com 2. Aquidauana e Ponta Porã somam 3 casos cada, Nova Andradina e Três Lagoas com 4 em investigação. Dourados possui 6 suspeitas e Campo Grande lidera as estatísticas com 21 suspeitas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.