coronavirus2

Decreto autoriza abertura dos atrativos turísticos e hotéis em Bonito

Prefeitura aprovou o funcionamento das atividades a partir de 1º de junho

20/05/2020 17h07
Por: Redação
Fonte: conteudoms
70

A partir desta quarta-feira (20) entra em vigor o decreto da Prefeitura de Bonito, que flexibiliza as regras de isolamento social em Bonito. A prefeitura da cidade autorizou a abertura dos atrativos, públicos e privadosm assim como hotéis, pousadas e meios de hospedagens, a partir de 1° de junho. Conforme o decreto todos os locais deverão obedecer a medidas de segurança e protocolos que ainda serão disponibilizados pelas associações de hotéis e de atrativos turísticos da região.

Assim como os locais, a entrada de ônibus, vans, microônibus, ‘motor homes’, vans de fretamento de turistas, assim como o embarque e desembarque na Rodoviária local, permanecem proibidas no município, até o dia 31 de maio. A entrada será liberada, junto com os atrativos a partir de 1° de junho.

De acordo com a secretária de Governo de Bonito, Terezinha Della Pacce Braga, o comércio foi usado como referência para a reabertura dos locais. “Eu sei que pode parecer algo desconexo, liberar a abertura da cidade, enquanto temos aumento nos casos positivos. Porém usamos como exemplo a abertura do comércio, onde não tivemos nenhum casos oriundo da reabertura. Os comerciantes e lojistas estão comprometidos com as medidas de seguranças, porque entendem que isso é necessário para que continuem a trabalhar e acreditamos que com o turismo será da mesma forma. Nós já vamos para 60 dias fechados e necessário dar uma projeção de retomada ao setor”, afirmou .

O documento publicado na segunda-feira (19) substitui o decreto Nº109/2020, que esta em vigor desde o dia 11 deste mês, mas mantém algumas determinações, como fechamento das escolas, locais públicos de prática esportiva, como Centro de Múltiplo Uso, estádio e ginásio de esportes, danceterias, boates, pubs, tabacarias e congêneres, a obrigatoriedade do uso de máscaras e o toque de recolher entre as 20h e as 5 horas.

A partir desta quarta-feira também há mudanças relativas aos velórios e sepultamentos na cidade. De acordo com o texto, em casos não suspeitos de falecimento pelo novo coronavírus (Covid-19), o velório poderá ter dez pessoas, com duração máxima de 2 horas e deverá ser realizado entre as 7h e 16 horas. Também devem ser afixados cartazes com as orientações de que não participem crianças menores de 12 anos, gestantes, idosos e pessoas com comorbidades.

Onde houver suspeita ou confirmação de morte pelo novo coronavírus, o corpo deverá ser embalado em saco de óbito e colocado em caixão lacrado, que não poderá ser aberto e nenhuma hipótese. Não deverá ser feito o velório e apenas uma pessoa da família poderá acompanhar o sepultamento.

 
 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.