coronavirus2

Durante perseguição a carro roubado, bandido é morto com tiros de fuzil por policiais do DOF

Antes de ser morto, bandido fez disparos contra viatura policial acertando o parabrisa

23/05/2020 10h16
Por: Redação
Fonte: midiamax
96

Uma perseguição e troca de tiros entre policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e um bandido acabou na morte de Leandro Schenatto de 37 anos, que estava em uma camionete Ford Ranger roubada, que seria levada para o Paraguai. A perseguição aconteceu na rodovia MS-462 em Maracaju a 160 quilômetros de Campo Grande.

A perseguição começou por volta das 20 horas desta sexta-feira (22), quando os policiais deram ordem de parada para o motorista, na estrada da Forquilha, que conduzia a camionete Ranger sendo que ele não obedeceu e fugiu em alta velocidade. Começou a perseguição ao carro, sendo que Leandro passou a fazer disparos contra a viatura policial.

Um dos disparos feitos por Leandro acertou o parabrisa da viatura policial, momento em que um dos agentes fez disparos contra a camionete usando um fuzil, um total de 4 disparos, mas o autor não parou. Durante a perseguição, Leandro perdeu o controle da camionete caindo em uma ribanceira. Ele ainda fez mais disparos contra os policiais, que revidaram.

Um dos tiros de fuzil acertou Leandro que chegou a ser socorrido até o hospital, mas não resistiu e morreu. Antes ele chegou a contar que havia um comparsa que estava sendo seu batedor e estava a 500 metros na frente na estrada, em um veículo Fiat Strada.

Os policiais saíram em busca do comparsa de Leandro que acabou sendo encontrado e preso. A camionete roubada seria levada para o Paraguai. O carro havia sido roubado em 2019, no Rio de Janeiro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.