mascara

Juro do cartão de crédito cai a 244,5% em maio para cliente regular

A taxa de juros total do rotativo do cartão de crédito variou de 313,7% para 303,4% em maio

27/06/2020 09h19
Por: Redação
Fonte: jovempan
46
No caso de inadimplência do cliente, o banco deve parcelar o saldo devedor ou oferecer outra forma para quitar a dívida
No caso de inadimplência do cliente, o banco deve parcelar o saldo devedor ou oferecer outra forma para quitar a dívida

A taxa de juros do cartão de crédito rotativo para o chamado cliente regular, que paga o mínimo de 15% da fatura dentro do prazo, variou de 269,6% ao ano em abril para 244,5% em maio, de acordo com dados do Banco Central. O rotativo é a linha de crédito pré-aprovada no cartão e inclui também saques feitos na função crédito do meio de pagamento.

No caso de inadimplência do cliente, o banco deve parcelar o saldo devedor ou oferecer outra forma para quitar a dívida em condições mais vantajosas dentro de 30 dias. O diretor executivo da Associação Nacional de Executivos de Finanças, Miguel Ribeiro de Oliveira diz que a taxa ainda é extremamente elevada e explica que a queda se deve ao momento econômico que o Brasil vive.

Já a taxa do parcelado do cartão saiu de 148,2% para 137,9%. Para o cliente não regular, que não fez nem o pagamento mínimo, a taxa registrou baixa de 335,8% em maio, contra 339,4% um mês antes. Assim, a taxa de juros total do rotativo do cartão de crédito variou de 313,7% para 303,4% em maio. No cheque especial, os juros cobrados ficaram em 117,1%, depois de apontar 119,6% em abril.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.