mascara

Na fronteira, polícia destrói 66 hectares de maconha avaliados em R$ 30 milhões

Operação foi realizada nos últimos três dias

02/07/2020 19h07
Por: Redação
Fonte: midiamax
67
Policial paraguaio destrói plantação de maconha. Foto: Divulgação
Policial paraguaio destrói plantação de maconha. Foto: Divulgação

A Senad (Secretaria Nacional Antidrogas), do Paraguai, destruiu nos últimos três dias 66 hectares que produziam 201 toneladas de drogas avaliadas em aproximadamente R$ 30 milhões, durante operação denominada Caaguazú – Canindeyú II, realizada na fronteira com o Brasil, na linha internacional com Mato Grosso do Sul.

Participaram o Ministério Público, Força Aérea, Comissão de Luta Contra o Narcotráfico do Congresso Nacional e outras instituições de combate a entorpecentes. Com apoio de aeronaves, foram realizadas incursões em áreas de cobertura com 25 mil hectares, onde foi possível localizar acampamentos e plantações.

Ao todo, foram destruídos 66 hectares de plantação que produziam 198 toneladas de drogas. Também foram destruídos 24 acampamentos de processamento, equipados com equipamentos para colheita, secagem e prensagem da erva. Foram destruídas ainda 3,9 toneladas da droga já colhida. Os trabalhos de investigação seguem. Ninguém foi preso.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.