virar o jogo - gov

Receita faz operação em lojas que vendem contrabando

Operação Fronteira Legal tem como alvos lojas de eletrônicos e de bicicletas

15/09/2020 13h09
Por: Redação
Fonte: campograndenews
101
Policiais rodoviários federais e agente da Receita em loja de Ponta Porã (Foto: Direto das Ruas)
Policiais rodoviários federais e agente da Receita em loja de Ponta Porã (Foto: Direto das Ruas)

Lojas de Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande, suspeitas de vender produtos contrabandeados do Paraguai, são alvos nesta terça-feira (15) da Operação Fronteira Legal, deflagrada pelo Grupo Regional de Vigilância e Repressão da 1ª Região Fiscal da Receita Federal, com apoio da PRF (Polícia Rodoviária Federal).

Agentes da Receita e policiais rodoviários federais estão vistoriando lojas que vendem eletrônicos, bicicletas, acessórios para celular e peças automotivas.

Materiais ilegais foram apreendidos, mas o resultado da operação será divulgado apenas à tarde em entrevista coletiva, em Ponta Porã.

Conforme a Receita Federal, a operação visa reprimir o contrabando e descaminho em vários estabelecimentos comerciais de Ponta Porã, cidade separada apenas por uma rua da paraguaia Pedro Juan Caballero.

Em nota, a Receita informou que o serviço de inteligência constatou que essas lojas vendiam produtos de procedência estrangeira sem qualquer documentação comprovando importação legal e ainda apresentavam inconsistências fiscais em seus estoques de mercadorias.

“O nome dado à operação faz parte de medidas decorrentes, sobretudo do fechamento da fronteira Ponta Porã/ Pedro Juan Cabellero, fato que levou ao grande aumento dos crimes transfronteiriços, como o contrabando e o descaminho”, afirma a Receita Federal.

O órgão informou que outras ações semelhantes serão deflagradas para diminuir os ilícitos transfronteiriços e trazer “justiça fiscal” para o comerciantes que trabalham dentro da legalidade. 

Agentes da Receita fiscalizam estoque de loja de bicicletas em Ponta Porã (Foto: Divulgação)

Agentes da Receita fiscalizam estoque de loja de bicicletas em Ponta Porã (Foto: Divulgação) 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.