virar o jogo - gov

Youtuber Cocielo vira réu em processo que responde por racismo

Defesa do influenciador afirma que "contar piadas sobre negros não transforma um humorista em uma pessoa racista"

15/09/2020 18h43
Por: Redação
Fonte: midiamax
47
Uma das postagens foi feita sobre o jogador francês Mbappé durante Copa do Mundo de 2018. Foto: Reprodução/ Redes Sociais
Uma das postagens foi feita sobre o jogador francês Mbappé durante Copa do Mundo de 2018. Foto: Reprodução/ Redes Sociais

O youtuber Júlio Cocielo, de 27 anos, virou réu nesta terça-feira (15) após a juíza Cecilia Pinheiro da Fonseca, da 3ª Vara Criminal de São Paulo, aceitar uma denúncia feita pelo Ministério Público de racismo. Se condenado, Cocielo pode ter pena de dois a cinco anos de prisão.

A promotora Cristiana Moeller acusa o influenciador digital de fazer publicações de cunho racista entre novembro de 2011 e junho de 2018.

No dia 2 de novembro de 2010, por exemplo, ele publicou o seguinte texto em sua conta no Twitter: “Porque o Kinder ovo é preto por fora e branco por dentro? Porque se ele fosse preto por dentro o brinquedinho seria roubado, KKK #maldade”.

Em outra ocasião, em novembro de 2013, escreveu: “nada contra os negros, tirando a melanina…”. Um mês depois, disse: “o Brasil seria mais lindo se não houvesse frescura com piadas racistas. Mas já que é proibido, a única solução é exterminar os negros”.

Durante a Copa do Mundo de futebol de 2018, ocorrida no Brasil, Cocielo escreveu que “Mbappé conseguiria fazer um arrastão top na praia, hein”, se referindo ao jogador de futebol francês, que é negro.

Outro lado

Cocielo disse à Justiça ser humorista e negou que praticou racismo. O advogado de defesa Maurício Bunazar afirmou que “contar uma piada sobre negros não transforma um humorista em uma pessoa racista ou propagador do ódio contra negros”.

A defesa ainda afirmou à Justiça que não pode ser feita uma interpretação das “piadas” sem considerar a história pessoal de Cocielo. O youtuber diz ser afrodescendente e saber o que significa isso na pele. “É evidente que Cocielo faz piadas com sua própria condição, artifício humorístico usado por comediantes do mundo todo”, finalizou o advogado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.