Epidemia Dor

Entre abril e agosto, Governo Bolsonaro já economizou R$ 1 bilhão com trabalho remoto

25/09/2020 14h13
Por: Redação
Fonte: gazetabrasil
141

Com servidores trabalhando de casa, o Governo Bolsonaro já economizou cerca de R$ 1 bilhão durante a pandemia, entre abril e agosto. O Ministério da Economia informou à CNN Brasil que este valor considera a redução de R$ 859 milhões nos gastos de custeio e a diminuição de R$ 161 milhões nos pagamentos de auxílios para os servidores, em comparação com 2019.

Cargos de professores, administrativos, assistência jurídica, informática, comunicação social são exemplos de atividades que estão sendo mantidas a distância. Após a pandemia, se houver interesse por parte do servidor e do órgão, poderá continuar assim. Num detalhamento das despesas de custeio, o governo federal conseguiu economizar R$ 471 milhões somente com diárias, passagens e despesas com locomoção.

Segundo o jornal, o custo da conta de luz ficou R$ 255 milhões menor e o serviço de água e esgoto caiu R$ 32 milhões. Algo bem típico do serviço de escritório, as cópias e reproduções de documentos que deixaram de ser feitas neste período geraram uma economia de R$ 9 milhões.

Foram colocados computadores, cadeiras e mesas à disposição dos servidores para uso em casa, mediante assinatura de termo de responsabilidade. Haverá ainda uma ferramenta para medir o desempenho de quem está em teletrabalho.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.