Epidemia Dor

Testes com vacina BCG contra a covid-19 começam na segunda-feira

Pelo menos 2 mil profissionais de saúde devem participar do estudo em Campo Grande

16/10/2020 18h23
Por: Redação
Fonte: campograndenews
81
Testes com o imunizante vai alcançar 10 mil pessoas em todo mundo. (Foto: Alcides Neto/Arquivo)
Testes com o imunizante vai alcançar 10 mil pessoas em todo mundo. (Foto: Alcides Neto/Arquivo)

Na próxima segunda-feira, uma das quatro vacinas contra covid-19, começa a ser testada em Mato Grosso do Sul. Usada em larga escala no combate à tuberculose, a BCG vai ser avaliada quanto a possível potencial contra o novo coronavírus.

O estudo está à cargo da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e deve alcançar 2 mil voluntários em Campo Grande, todos profissionais de saúde. No Rio de Janeiro (RJ), sede da fundação, mais mil pessoas devem fazer parte dos testes. -

Segundo informações dos realizadores, antes de receber a vacina, os voluntários passarão por entrevista e testagem sorológica. Todos serão acompanhados pela equipe de pesquisa por até um ano, por meio de ligações telefônicas semanais.

Caso apresentem algum sintoma sugestivo decovid-19, os voluntários poderão fazer a coleta do swab nasal para avaliar a presença do vírus. Além disso, retornos trimestrais serão agendados para verificar a presença de possíveis infecções assintomáticas através de sorologia.

O estudo, chamado de BTB (Brace Trial Brasil), é um ensaio clínico de fase III que visa avaliar se a vacinação ou revacinação com BCG pode reduzir o impacto do covid-19 em trabalhadores de saúde, população mais exposta ao novo coronavírus.

No total, o estudo irá vacinar 10 mil voluntários na Austrália, Reino Unido, Espanha, Holanda e Brasil. Mundialmente, o projeto é liderado pelo pesquisador australiano Nigel Curtis do Murdoch Children’s Research Institute e financiado pela Fundação Bill e Melinda Gates Foundation.

Na Capital, o estudo é coordenado pelo médico infectologista e pesquisador da Fiocruz e da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Julio Croda e conta com parceria da CASSEMS (Caixa de Assistência aos Servidores de MS) e da SES (Secretaria de Estado de Saúde). 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.