Epidemia Dor

UFMS retira Enem como forma de ingresso na instituição no próximo processo seletivo

Nota da prova será usado somente no segundo semestre de 2021, no Sisu de Inverno

16/10/2020 18h33
Por: Redação
Fonte: correiodoestado
54

Em votação na manhã desta sexta-feira (16), o Conselho Universitário da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) aprovou a retirada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) como forma de ingresso na instituição em 2021.

Ficou decidido, por 49 votos a 10, que 80% das vagas no primeiro semestre de 2021 será para o vestibular e 20% para o Processo de Seleção Seriada (PASSE). Já no segundo semestre do próximo ano, será 40% para o vestibular, 40% para o Sisu e 20% para o PASSE.

A decisão foi contra o movimento realizado por estudantes da UFMS. Com a hashtag #FicaSisuNaUFMS, os alunos se mobilizaram nas redes sociais e chegaram a ficar em 5º lugar nos assuntos mais comentados do Brasil.

Além disso, os universitários mandaram e-mails para convencer os conselheiros a votarem contrários a proposta.

"São muitos anos de preparo para chegar em outubro e falarem que não vai vão usar o Enem", declarou Márcia Gomes, professora da Universidade e integrante do Conselho.

A justificativa usada pela UFMS para aprovar a medida, foi de que o calendário letivo da instituição seria prejudicado.  

O início das aulas está previsto para 15 de março de 2021. Já as provas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), que gera as notas para a seleção do Sisu, está marcado para os dias 17 e 24 de janeiro, com resultados previstos para serem divulgados a partir de 29 de março.  

A incompatibilidade com as datas faria com que a matrícula pelo Sisu ocorresse somente em meados de abril.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.