Epidemia Dor

Sequestrado arromba porta-malas, se joga do carro e escapa de execução do PCC

Homem de 37 anos teve ferimentos e precisou ser socorrido pelo Samu

18/10/2020 14h14
Por: Redação
Fonte: midiamax
169
(Ilustrativa)
(Ilustrativa)

Homem de 37 anos conseguiu escapar do tribunal do crime do PCC (Primeiro Comando da Capital) na noite de sábado (18), em Campo Grande após ser sequestrado. A vítima arrombou o porta-malas do veículo e se jogou na rua, impedindo que fosse executada. 

Conforme boletim de ocorrência, o homem relatou que caminhava pelo Residencial Azaleia, quando foi abordado por cinco pessoas que estavam em três carros, dentre os quais um Monza, um Celta e um Corsa. O grupo o cobriu com capuz e, sob ameaça de arma de fogo, o colocou no porta-malas.

Os criminosos diziam a todo momento que ele seria executado. Durante a abordagem, os faccionados teriam dado seis disparos de arma de fogo, dos quais dois ao lado da orelha da vítima, como forma de intimidação. Também promoveram agressões com coronhadas, socos e chutes na região genital.

Depois de tudo isso, sabendo que seria levado até o Jardim Noroeste para ser assassinado, o homem conseguiu abrir o porta-malas do carro e pulou na rua, conseguindo escapar. Ele pediu ajuda na casa de uma testemunha que acionou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

O caso foi encaminhado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do centro, onde foi registrado como lesão corporal, sequestro e cárcere privado, além de extravio, já que o celular do homem, bem como a carregador da tornozeleira eletrônica. O caso é investigado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.