corona virus exemplo

MS recorre a consórcio para ter R$ 3,9 milhões em remédios para covid

Sessão pública está prevista para ocorrer na próxima semana

19/11/2020 12h36
Por: Redação
Fonte: campograndenews
52
Compra de medicamentos é para atender pacientes com covid-19 (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)
Compra de medicamentos é para atender pacientes com covid-19 (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

O governo do Estado precisou recorrer ao Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC) para adquirir R$ 3,9 milhões em medicamentos para atender pacientes diagnosticados e em tratamento decorrente da infecção do novo coronavírus.

A sessão pública está prevista para ocorrer na próxima semana, no dia 27 de novembro, sexta-feira. A cotação acontece quando o Estado volta a apresentar índices preocupantes de casos de covid-19.

Conforme publicado na edição desta quinta-feira, do Diário Oficial da União, o pregão eletrônico tem como objetivo registro de preços. A cotação prevê, entre outros medicamentos, a compra de comprimidos e fracos de azitromicina. O valor total estimado é de R$ 3.963.150,96. A hidroxicloroquina não está entre os itens a serem adquiridos.

Em julho, consórcio acertou a compra de R$ 1,7 milhão em medicamentos e insumos para tratamento de pacientes da covid-19, menos da metade do valor sondado para ser utilizado nos próximos meses de pandemia.

Segundo a SES (Secretaria Estadual de Saúde), 89.654 pessoas foram contaminadas pelo novo coronavírus no Estado, sendo que 1.699 morreram. No momento, 257 estão internadas tanto na rede pública quanto na rede privada de saúde.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.