BANNER NOTA MS PREMIADA

Depois de fuzilado na fronteira de MS, policial ainda tentou fugir e bateu carro contra árvore

Fredy Dias, de 30 anos ainda tentou fugir e acabou batendo o veículo que dirigia

13/01/2021 12h44
Por: Redação
Fonte: midiamax
239
 Policial executado estava indo para o trabalho.(Foto: Divulgação)
Policial executado estava indo para o trabalho.(Foto: Divulgação)

Após ser atingido por tiros de fuzil, o investigador Fredy Dias, de 30 anos ainda tentou fugir e acabou batendo o veículo que dirigia, contra uma árvore. O crime aconteceu na rua Johann Groessinger na esquina com rua Jerez Ñu, no bairro Jardim Aurora, em Pedro Juan Caballero.

O policial estava em um Jeep modelo Compass,  com placas WYZK -007, a caminho  do trabalho, quando foi atacado por homens armados com fuzis. Atingido principalmente na cabeça, ele bateu o carro contra uma árvore. O investigador ainda foi socorrido por uma viatura da Polícia Nacional e levado para o Hospital Viva a Vida, mas morreu quando era socorrido.

Na noite de segunda-feira oito homens que também seriam da facção foram mortos em confronto em unidades policiais brasileiras em Ponta Porã. Eles eram todos paraguaios e estariam envolvidos em diversos crimes.

Autoridades paraguaias falam em retaliação por porte dos criminosos e nos meios policiais dos dois lados da fronteira isso já era aguardado. Segundo o Ponta Porã News, há reforço policial tanto em Pedro Juan quanto em Ponta Porã para tentar evitar novos atentados.

Depois de fuzilado na fronteira de MS, policial ainda tentou fugir e bateu carro contra árvore

Investigador paraguaio chegou a ser levado para o hospital. (Foto: Divulgação).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.