Banner MS CRESCE MUNICÍPIOS 1
Banner MAIS SOCIAL (EM ANEXO)

Responsável por morte, Thiago é genro de deputada e servidor público

Ele é casado com Maiara, filha da deputada estadual Mara Caseiro

02/05/2021 16h13
Por: Redação
Fonte: topmidianews
569

Apontado como responsável pela morte de um pescador, Nivaldo Thiago Filho de Souza é conhecido do baixo clero da política estadual. Casado com Maiara, filha da deputada estadual Mara Caseiro, ele também ocupa cargos comissionados desde mais de uma década.

Na manhã de ontem (1°), Tiago, como é mais conhecido, pilotava uma lancha em alta velocidade quando acertou outra embarcação. Carlão, que pescava no local, morreu na hora. Outras duas pessoas ficaram feridas. 

Thiago tentou fugir, mas foi pego pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) em uma rodovia próxima. Thiago prestou depoimento e foi solto. No local, testemunhas afirmam que ele estaria embriagado.

Nivaldo Tiago foi contratado pela primeira vez no Governo do Estado sob a gestão de André Puccinelli (MDB), quando emplacou um DGA1 secretaria de Estado da Casa Civil.

Hoje, entre idas e vindas, está novamente na Casa Civil, comandada por Sérgio de Paula, de quem é considerado braço-direito. 

A BATIDA

De acordo com informações de uma testemunha que também pescava no local, o acidente ocorreu na região conhecida como “Touro morto”.

O analista de sistemas, que preferiu não se identificar, disse ao TopMídiaNews que um grupo formado por cerca de 20 pessoas pescava no local, quando o condutor da lancha em alta velocidade fez a curva na contramão atingido o barco da vítima.

O rapaz da lancha que provocou o acidente fugiu do local, sem prestar socorro às três vítimas. Ele ainda teria dispensado no rio diversas latas de cerveja e produtos que possuía na lancha.

“Atropelou nosso colega e matou na hora infelizmente. O piloteiro foi atingido também e está ruim. Ele foi para o hospital de Miranda e o filho dele teve um ferimento leve no braço”, disse a testemunha.

O rapaz informou ainda que a Polícia Civil e equipe da Marinha foram ao local para fazer procedimentos de praxe. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para posteriormente ser liberado.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.