Banner MAIS SOCIAL (EM ANEXO)
Banner MS CRESCE MUNICÍPIOS 1

Fake news sobre morte de Paulo Gustavo gera revolta na Internet

Tatá Werneck foi a primeira a desmentir notícia falsa especulada por emissora de TV

04/05/2021 14h48
Por: Redação
Fonte: midiamax
129

Boatos de que o ator Paulo Gustavo tinha morrido começaram a surgir na Internet no início desta tarde de terça-feira (4). Após perfis do twitter e sites reproduzirem a notícia falsa, pessoas começaram a se manifestar contra esse tipo de apuração. A primeira artista desmentir a fake news foi Tatá Werneck.

A especulação surgiu no Twitter, com fotos dos familiares se abraçando e se consolando em frente a porta do hospital onde o artista está internado após complicações da Covid-19, desde o dia 13 de março. A ‘morte’ de Paulo Gustavo se tornou, inclusive, um dos assuntos mais comentados na rede social.

Porém, Tatá Werneck foi a responsável por acabar com o boato. Ela afirmou na sua conta do Twitter que apesar do estado grave do amigo, ator permanece estável. A mensagem tranquilizou os fãs, mas a artista ainda fez um apelo para que as pessoas e sites de notícias parassem de usar Paulo Gustavo para conquistarem likes com informações falsas.

“Parem de querer ganhar likes em cima dele. Nesse momento ele está vivo. Deixem o Paulo em paz. Deixem meu amigo em paz!”, escreveu Tatá.

Início dos boatos

Tudo começou quando a emissora de televisão Record TV compartilhou imagens da família de Paulo Gustavo chorando no hospital. Nas redes sociais, as pessoas se manifestaram contra o posicionamento.

O repórter de política Renato Souza, do Correio Braziliense, escreveu em sua conta do Twitter que “Não existe furo jornalístico em retratar morte. O ideal, e mais respeitoso, é esperar informações de familiares e fontes médicas. O jornalismo deve retratar os fatos, não supor a realidade. Desejo força ao ator Paulo Gustavo e seus parentes.”

A jornalista Bárbara Saryne também se manifestou contra a especulação feita pela empresa de notícias. “A última informação sobre Paulo Gustavo é o boletim médico que diz que o artista está em estado grave. A Record divulgou imagens da família chorando no hospital. Não temos nada além disso. Não espalhe fake news. Isso não é furo. Vamos aguardar atualizações de fontes oficiais.”

Marcedo D. Macedo, também jornalista, opinou sobre o posicionamento da emissora. “O que a TV Record está fazendo com Paulo Gustavo é criminoso. Não há interesse público que esteja acima da dor dos familiares em um momento como esse. Tem jornalista desprezando a dor de uma mãe, de um marido, de duas crianças e de fãs país afora por pensar que morte gera furo”, escreveu.

Fãs também se manifestaram contra a divulgação da notícia falsa nas redes sociais.

 

Últimas atualizações

Paulo Gustavo está internado no hospital com Covid-19 desde o dia 13 de março. Ele estava respondendo bem aos tratamentos médicos até domingo (2), quando sofreu uma embolia e quadro de saúde piorou. Informações foram divulgadas pela assessoria de imprensa do artista. Apesar do estado grave, ator está vivo e segue internado na UTI do hosptial.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.