geral
Cultura

Condutor de picape faz conversão proibida e mata motociclista em avenida

Motorista de 21 anos, identificado apenas como Guilherme, invadiu preferencial e atropelou a moto

20/07/2021 08h02
Por: Redação
Fonte: campograndenews
119
Policiais no local do acidente com morte; moto foi parar sobre a calçada (Foto: Adilson Domingos)
Policiais no local do acidente com morte; moto foi parar sobre a calçada (Foto: Adilson Domingos)

Motociclista identificado como Gilmar Benites, 45, morreu em acidente no início da manhã desta terça-feira (20) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Ele foi atropelado pelo condutor de uma picape Montana, identificado apenas como Guilherme, de 21 anos de idade.

Socorrido pelo Corpo de Bombeiros e pelo Samu (Serviço Móvel de Urgência), Gilmar Benites teve parada cardiorrespiratória e morreu a caminho do Hospital da Vida.

O acidente ocorreu por volta de 5h na Avenida Marcelino Pires, no cruzamento com a Rua Hiran Pereira de Matos, no Jardim Coimasa, região leste da cidade.

Gilmar seguia pela avenida no sentido oeste-leste em uma moto Suzuki prata. O condutor da Montana prata seguia na mesma avenida, mas no sentido contrário. No cruzamento com a Hiran Pereira de Matos, Guilherme fez conversão proibida à esquerda e atropelou o motociclista. A moto foi parar sobre a calçada de uma loja de carros.

No cruzamento existem placas informando a proibição de conversão à esquerda, já que a Hiran Pereira de Matos é mão única no sentido sul-norte. Apesar da manobra proibida que provocou o acidente com morte, o condutor foi liberado com o carro após a Polícia Militar elaborar a ocorrência policial.

Vítima no momento em que era socorrida ao hospital; homem morreu em seguida (Foto: Adilson Domingos)

Vítima no momento em que era socorrida ao hospital; homem morreu em seguida (Foto: Adilson Domingos) 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.