Banner Sanesul - Institucional Setembro

Lula e Chico Buarque, Gleisi, Wagner Moura assinam carta contra embargo de Biden à Cuba

O documento foi publicado como um anúncio no jornal The New York Times nesta sexta-feira (23)

23/07/2021 16h42
Por: Redação
Fonte: gazetabrasil
213

O ex-presidente Lula, a deputada Gleisi Hoffmann, o compositor Chico Buarque e o ator Wagner Moura, assinaram uma carta aberta publicada pelo jornal al The New York Times contra os embargos do Governo Joe Biden em relação à Cuba.

Outras 47 personalidades brasileiras assinam o documento. Entre eles estão  o frade dominicano Frei Betto,  a vereadora Monica Benício (PSOL-RJ), o integrante do movimento Entregadores Antifascistas Paulo Lima (o Galo) e o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra).

Consta ainda figuras de outros países, como os atores americanos Mark Ruffalo e Jane Fonda; a filósofa Judith Butler; o linguista Noam Chomsky; o Nobel da Paz Adolfo Pérez Esquivel; e o ex-presidente do Equador Rafael Correa. O ex-analista militar Daniel Ellsberg, que vazou os papéis do Pentágono na década de 1970, também é signatário.

Nesta quinta-feira (23), Joe Biden, disse que as novas sanções dos EUA contra Cuba têm como alvo os responsáveis por reprimir manifestações naquele país e que este é apenas o primeiro passo na resposta norte-americana.

“Este é apenas o começo”, disse Biden em um comunicado. “Os EUA condenam as detenções em massa e os julgamentos simulados em Cuba e vão continuar punindo os indivíduos responsáveis pela opressão do povo cubano”, afirmou.

 Milhares de cubanos realizaram protestos uma semana atrás contra a crise econômica que gerou falta de bens básicos e de energia. Eles também se manifestaram contra a maneira como o governo tem lidado com a pandemia  e a limitações das liberdades civis. Centenas de ativistas foram detidos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.