Banner Sanesul - Institucional Setembro

Setembro Amarelo: conheça cinco mitos sobre o suicídio

Psiquiatra de Campo Grande comenta questões importantes sobre o assunto

15/09/2021 17h31
Por: Redação
Fonte: midiamax
44

Assunto delicado, o suicídio é um tabu que está longe de ser quebrado. Ligado, por muitas vezes, ao psicológico das pessoas, o ato extremo de tirar a própria vida é cercado de mitos. Um deles, é que apenas pessoas com problemas psíquicos são capazes de provocar a própria morte.

Com o objetivo de prevenir e reduzir os índices de suicídio no Brasil, o país conta com a campanha Setembro Amarelo, em vigor por todo este mês.

Para sanar dúvidas e questões pouco esclarecidas, a psiquiatra de Campo Grande, Aline de Souza Gomes Moreira, traz à tona alguns mitos a respeito do tema.

1. Quem fala não pretende realizar

Mito. “A pessoa que tem a intenção de cometer suicídio pode expressar essa vontade para pessoas mais próximas e trazer à tona esse sentimento que a aflige. Porém, muitas vezes, ela guarda os sentimentos para ela, por isso temos que ajudá-la a enfrentar essa batalha”.

2. A maioria dos suicídios não dá sinais, é algo inesperado

Mito. “É algo muito raro. Normalmente as pessoas que têm essa ideia de cometer o suicídio demonstram através de seu comportamento que não estão bem, que estão tendo alguma alteração de humor, alguma crise de ansiedade, ou baixo rendimento, se isolando das pessoas. Esses são os sinais que podem indicar que a pessoa tem ideias suicidas”.

3. Falar sobre suicídio é algo ruim

Mito. “Falar de suicídio é algo difícil. Tanto para quem quer cometê-lo como para quem quer abordar sobre o assunto e ajudar. Existe um receio, um medo do julgamento e do preconceito, o estigma de se ter uma doença mental. Mesmo que seja difícil falar sobre suicídio é importante e necessário que as pessoas falem, que demonstrem o sofrimento que elas estão passando”.

4. Uma vez que a pessoa pense ou tente suicídio, ela sempre voltará a tentar

Mito. “Não é porque a pessoa pensou em suicídio ou chegou a ter uma tentativa que ela sempre vai voltar a ter esse tipo de pensamento. A partir do momento que o tratamento é realizado de forma adequada os riscos de ocorrer uma nova tentativa caem bastante”.

5. Apenas pessoas com doenças psíquicas cometem suicídio

Mito. “Mais de 95% das pessoas que tentam suicídio têm um diagnóstico de transtorno mental, dentre eles transtorno de humor, condições relacionadas ao uso de substâncias e transtornos de personalidades. Porém, vale frisar que 4% não estão relacionados ao diagnóstico de doença mental”.

"Lembrem-se sempre de buscar ajuda de um especialista, afinal, procurar assistência não é vergonhoso. Quanto mais cedo, melhor será o tratamento", completa a médica.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.