Sanesul Outubro

Damares anuncia lançamento de aplicativo para encontrar crianças desaparecidas

O objetivo do pragrama é facilitar informações entre as polícias do país em uma só base de dados

24/11/2021 13h21
Por: Redação
Fonte: campograndenews
27

Em visita a Campo Grande nesta quarta-feira (24), a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, anunciou que o governo federal lançará, nas próximas semanas, o aplicativo SOS Desaparecidos. A ferramenta tem o objetivo de encontrar crianças e adolescentes que se encontram desaparecidos.

Ainda de acordo com Damares, a ferramenta - que está sendo desenvolvida pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública -, tem o objetivo de facilitar a integração entre as polícias Federal, Civil e Militares de todos os estados brasileiros.

“Essa ferramenta irá facilitar o encontro de crianças e adolescentes desaparecidos. O programa emitirá um alerta no telefone de todos os moradores da cidade cadastrados no sistema. Por exemplo, caso uma criança suma em Bonito, todos os moradores da cidade receberam essa mensagem com as características dela. É a tecnologia sendo usada para proteger nossos pequeninos. Vamos acabar com essa história de desaparecimento de menores no Brasil”, explicou Damares.

Apesar do anúncio, a ministra não detalhou de que forma os cidadãos receberão esse alerta. Ou seja, Damares não explicou como esse serviço seria realizado por SMS (Short Message Service), WhatsApp ou no próprio aplicativo.

Agenda - A ministra chegou na manhã desta quarta (24) em Campo Grande. O primeiro compromisso dela aconteceu às 9h na Comunidade Cristã Aliançados Arena. Também hoje, às 17h, ela visitará a Casa da Mulher Brasileira, onde passará detalhes do programa Qualifica Mulheres, que pretende atender 5 mil mulheres que sofreram abusos e violência doméstica em Mato Grosso do Sul.

A iniciativa, que é desenvolvida com recursos estaduais, conta com a expertise do Ministério para realização dessas ações. Ainda de acordo com a pasta federal, o programa tem o objetivo de garantir independência financeira a essas vítimas, para que elas tenham a capacidade de sair desse núcleo violento.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.