: Entregas 2021 Sanesul Governo

Palmeiras conquista tricampeonato na Taça Libertadores da América

Em Montevidéu, Verdão superou o Flamengo com gols de Raphael Veiga e Deyverson

27/11/2021 18h42
Por: Redação
Fonte: campograndenews
53
 Raphael Veiga, autor do primeiro gol do Palmeiras em campo. (Foto: Cesar Greco/PalmeirasFC)
Raphael Veiga, autor do primeiro gol do Palmeiras em campo. (Foto: Cesar Greco/PalmeirasFC)

O Palmeiras acaba de conquistar o tricampeonato da Taça Libertadores da América. Em duelo no estádio Centenário, em Montevidéu, URY, o Verdão venceu o Flamengo por  2 a 1, nos acréscimos encerrando com chave de ouro a sua trajetória na competição, em 2021.

O Verdão abriu o placar logo aos 4 minutos do primeiro tempo, com gol de Raphael Veiga. O jogador não desperdiçou passe de Mayke e bateu de primeira com o pé esquerdo direto para o fundo da rede.

Pouco inspirado, o Flamengo teve dificuldade para passar pela “muralha” da marcação palmeirense. Apesar de maior passe bola no primeiro tempo (63%), o rubro-negro não conseguiu converter as oportunidades em gols. Antes dos 20 minutos, Bruno Henrique e Gabigol, quase conseguiram alcançar o empate. Pouco antes do intervalo Arrascaeta chutou de dentro da área, mas Weverton defendeu.

O empate só ocorreu aos 26 minutos do segundo tempo. Gabigol recebeu o passe de Arrascaeta pela esquerda e bateu cruzado para o gol. Como a disputa não teve um vencedor no tempo normal, o jogo foi à prorrogação.

Com mais 30 minutos em jogo o Verdão teve tempo de sobra para se recuperar. Aos 4 minutos do 1º tempo da prorrogação, Deyverson roubou a bola de Andreas Pereira na intermediária, marcou o segundo gol do Palmeiras e consolidou a vitória do Verdão em Campo.

Tricampeão - Com a vitória o time também garantiu uma vaga no Mundial de Clubes da Fifa, em fevereiro, além de uma bolada de US$ 15 milhões o equivalente a R$ 84,1 milhões. Esta foi a sexta final do Verdão na Taça Libertadores, sendo a primeira contra o Flamengo.

Antes disso, os times também duelaram em outros seis mata-matas, com três vitórias para cada lado: Taça dos Campeões Estaduais Rio-São Paulo 1942, Copa do Brasil de 1999 e na Copa dos Campeões de 2000; além da semifinal da Copa do Brasil de 1997, na final da Mercosul de 1999 e na decisão da Supercopa de 2021.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.