: Entregas 2021 Sanesul Governo

Milhões de besouros invadem cidade na Argentina em meio à onda de calor

invasão de besouros ocorre devido ao calor intenso que faz com que os insetos saiam do solo para completar seu ciclo reprodutivo

14/01/2022 17h36
Por: Redação
Fonte: midiamax
62
Besouros invadem cidade argentina em meio a onda de calo - Divulgação
Besouros invadem cidade argentina em meio a onda de calo - Divulgação

A cidade de Santa Isabel, na Argentina, foi invadida por milhares de besouros em meio a uma onda de calor que atinge a região nesta semana. A invasão dos insetos ocorre devido ao calor intenso, que faz com que os insetos saiam do solo para completar seu ciclo reprodutivo. O que assusta é a grande quantidade dos bichos.

Segundo informações da imprensa local, há registros de danos em propriedades. Em fotos divulgadas na redes sociais, é possível ver telhados, parques e calhas tomados pelos besouros.

Apesar de inofensivos a humanos, os insetos voam descontroladamente. Como alternativa e na intenção de diminuir o número dos insetos, a Prefeitura da cidade decidiu desligar a iluminação pública e espera que os animais se afastem da área urbana. Enquanto isso não acontece, os moradores passam horas retirando os cascudos dos locais.

Onda de calor na Argentina

A Argentina está enfrentando uma onda de calor histórica, que fez a temperatura ultrapassar os 40°C, podendo chegar até 50°C. Em Buenos Aires, a situação sobrecarregou as redes elétricas, deixando milhares de casas sem eletricidade na última terça-feira (11).

Conforme apurado pelo G1, a onda de calor atual é consequência da massa de ar quente e seca instalada entre a Argentina e o Brasil. O fenômeno é favorecido pela área de alta pressão atmosférica que está atuando sobre o Rio Grande do Sul, inibindo a formação de nebulosidade e, consequentemente, elevando as temperaturas e reduzindo a umidade do ar.

Segundo o Serviço Meteorológico Nacional (SMN) da Argentina, as temperaturas podem chegar a 41°C na área de concessão. A Edesur, distribuidora de eletricidade, disse em nota que "estão trabalhando para fortalecer a rede diante da crescente demanda". A expectativa é que o calor só cresça nos próximos dias.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.