: Entregas 2021 Sanesul Governo

Torcedor terá de comprovar vacina para entrar em estádios do Estadual 2022

Além da exigência do documento, estádios terão a capacidade limitada em 70% do total

14/01/2022 17h40
Por: Redação
Fonte: campograndenews
32

Os jogos do Campeonato Sul-mato-grossense 2022 serão abertos ao público, mas os torcedores que quiserem acompanhar todas as partidas de perto terão que seguir os protocolos sanitários estabelecidos pela FFMS (Federação Paulista de Futebol) em razão do aumento de casos da covid-19 no Estado, entre eles a apresentação do "passaporte vacinal".

“O comprovante de vacina será uma credencial obrigatória para qualquer pessoa que queira assistir as partidas. No momento da compra do ingresso não será necessário, mas o documento será exigido na entrada do estádio”, confirmou Marcos Tavares, vice-presidente da federação sul-mato-grossense de futebol.

De acordo com a Federação, além da exigência do comprovante vacinal os estádios que sediarão as partidas terão a capacidade limitada a 70% do total. Até o momento, nenhuma das cidades que receberão jogos do sul-mato-grossense 2022 emitiu decretos proibindo ou limitando a entrada de pessoas em eventos esportivos. Mas segundo Tavares, caso tenha impedimentos a decisão municipal será respeitada.

O uso de máscara de proteção respiratória, que dever cobrir boca e nariz também serão exigidos. Também será realizada aferição de temperatura com uso de termômetros digitais, nos acessos aos estádios e disponibilizado álcool em gel 70% aos torcedores.

O Campeonato Estadual de Futebol terá início no dia 2 de fevereiro e contará com a participação de 10 clubes: Costa Rica (atual campeão), Dourados Atlético Clube, Operário Futebol Clube, Esporte Clube Comercial, Clube de Esportes União/ABC, Sociedade Esportiva Recreativa Chapadão (Serc), Aquidauanense Futebol Clube, Esporte Clube Águia Negra e os recém-promovidos da Série B: Naviraiense e Coxim.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.