APP transportador - Estado

Em viagem oficial, Bolsonaro pediu prioridade à Petrobras na exploração de petróleo no Suriname

21/01/2022 07h40
Por: Redação
Fonte: gazetabrasil
65

Nesta quinta-feira (20), o presidente Jair Bolsonaro afirmou ter conversado com o presidente do Suriname, Chandrikapersad Santokhi, sobre uma possível prioridade à Petrobras na exploração de petróleo no país vizinho.

“Temos a oferecer ao país nossa expertise na prospecção de petróleo e por isso trouxemos o ministro das Minas e Energia”, disse o presidente brasileiro, em um pronunciamento à imprensa ao lado de Santokhi na capital Paramaribo. “Eu cumprimento e agradeço o que conversamos há pouco, na possível prioridade para que o país, através da Petrobras, venha a colaborar na prospecção de petróleo e gás”, continuou Bolsonaro.

“Estou convencido de que a nossa cooperação futura em várias áreas, entre elas comércio, investimento, energia, incluindo aqui petróleo e gás, segurança, defesa, bem como assuntos migratórios e consulares, com certeza renderão resultados concretos em benefício mútuo”, disse o presidente do Suriname.

Em seu discurso, o líder do Suriname, agradeceu as doações de vacinas contra a covid-19 feitas pelo Brasil. Também falou sobre a necessidade de haver “solidariedade” entre os países em desenvolvimento.

Os dos presidentes concordaram em “analisar as possibilidades, à luz do desenvolvimento da indústria de petróleo e gás offshore no Suriname, de cooperação relacionada à construção de capacidade técnica e institucional, ao desenvolvimento de conteúdo local e a energias renováveis, bem como de oferta de possíveis serviços relacionados ao setor energético ao Brasil, respondendo às necessidades dos Estados da Região Norte do país”.

Além das questões na área de energia e infraestrutura, os líderes também devem discutir agendas nas áreas de comércio, investimentos, segurança, defesa, cooperação técnica e questões da pauta regional. Amanhã (21), Bolsonaro fará uma visita à capital da Guiana, Georgetown.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.