APP transportador - Estado

Petistas defendem nova Constituinte antes mesmo da campanha eleitoral

Militantes fizeram o pedido durante um evento com Lula

12/05/2022 16h57
Por: Redação
Fonte: Revista Oeste
72

Militantes do PT defenderam uma nova constituinte em uma plenária do partido realizada em Juiz de Fora (MG), na quarta-feira 11. O evento ocorreu com a presença do ex-presidente Lula. O pedido apareceu em uma faixa nas mãos de petistas que estavam na plateia.

A convocação de uma constituinte serve para criar uma nova Constituição para o país. O mecanismo foi utilizado por Hugo Chávez e terminou por transformar a Venezuela em uma ditadura socialista. Outros governos de esquerda da América Latina tentam fazer a mesma mudança nas leis.

No Peru, há o caso mais recente. Pedro Castillo, recém-empossado presidente peruano, propôs no mês de abril que o país fizesse uma nova Constituição.

Controlar a imprensa

Em agosto de 2021, Lula disse que pretendia regular a mídia no Brasil. “Ainda não decidi se sou candidato”, afirmou no ano passado. “Estou conversando com muita gente, ouvindo muito desaforo, leio muito a imprensa e tem setores da imprensa que não querem que eu volte a ser candidato porque se eu voltar, eu vou regular os meios de comunicação nesse país.”

Evento eleitoral

Na prática, o ato em Juiz de Fora serviu para defender a volta do petista à Presidência da República. Inclusive, a regravação do jingle utilizada na campanha de Lula em 1989 foi usada na abertura da reunião. Atualmente, a cidade é governada por Margarida Salomão (PT-MG).

O evento durou mais de uma hora e Lula falou em mais da metade do tempo. “Se dependesse de vocês eu já teria sido presidente da República em 1989”, disse o político ao público.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.