UEMS - MARÇO - PANTANAL TECH

Operação Policial desvenda esquema de receptação e furto em Ponta Porã

09/06/2024 08h41
Por: Redação
Fonte: pontaporainforma
Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência (Foto: Henrique Arakaki, Arquivo Midiamax)
Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência (Foto: Henrique Arakaki, Arquivo Midiamax)

Nesse sábado, dia 08/06/2024, por volta das 15h, uma equipe da Polícia Militar de Ponta Porã, realizava patrulhamento no bairro da Saudade quando se deparou com uma cena que resultou na desarticulação de um esquema de receptação e furto na cidade.

Ao transitarem pela Avenida Baltazar Saldanha, em frente à poliesportiva local, os policiais avistaram o indivíduo J. S. B., conhecido como “Amarelo”, de 26 anos, que estava foragido da justiça e envolvido em um crime de furto qualificado ocorrido no dia 06/06/2024.

O crime em questão ocorreu em um lava-jato no bairro Vila Áurea, onde o autor subtraiu um notebook da marca HP de cor azul e uma ferramenta Makita. Com base nas informações prévias sobre o suspeito, a equipe policial realizou a abordagem e constatou, por meio de revista e checagem, que J. S. B. possuía extensa ficha criminal, incluindo passagens por roubo com resultado de lesão corporal grave, roubo majorado pelo emprego de arma, roubo tentado, receptação e furto. Além disso, havia um mandado de prisão em aberto contra ele.

Questionado sobre o furto e os objetos subtraídos do lava-jato, o suspeito confessou ter vendido o notebook por R$30 para F. S. L. C., de 33 anos, em um estabelecimento comercial no bairro Jardim Primor. Em diligências subsequentes, F. cooperou com as autoridades apresentando o notebook adquirido. Alegando desconhecimento quanto à origem ilícita do aparelho, F. afirmou que J., se passando por catador de reciclagem, vendeu-lhe o notebook sob a falsa alegação de tê-lo encontrado no lixo.

Já a ferramenta Makita foi entregue pelo suspeito a seu primo E., na região da Favelinha, embora este último ainda não tenha sido localizado até o momento. Diante dos fatos apurados, J. foi detido e encaminhado à Primeira Delegacia de Polícia Civil juntamente com F., para as medidas legais cabíveis.

A operação policial revelou a importância do trabalho conjunto entre as forças de segurança e a colaboração da comunidade para desmantelar esquemas criminosos e garantir a ordem pública em nossa cidade. A investigação seguirá seu curso para responsabilizar todos os envolvidos nesse complexo caso de receptação e furto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.