UEMS - MARÇO - PANTANAL TECH

Torcedores do Valencia são condenados por racismo contra Vini Jr

Trio foi sentenciado a oito meses de reclusão e terá de ficar dois anos sem entrar em estádios de futebol, além de arcar com as custas do processo

10/06/2024 12h02
Por: Redação
Fonte: Jovem Pan
Foto: Reprodução/Jovem Pan
Foto: Reprodução/Jovem Pan

Três torcedores do Valencia foram condenados à prisão nesta segunda-feira (10) por proferirem insultos racistas contra o brasileiro Vinicius Junior, do Real Madrid, em maio do ano passado, no estádio Mestalla. O trio foi sentenciado a oito meses de reclusão e terá de ficar dois anos sem entrar em estádios de futebol, além de arcar com as custas do processo. Vini Jr denunciou ter sido alvo de insultos racistas durante partida do Real Madrid contra o Valencia em 21 de maio do ano passado. O jogo chegou a ser interrompido. Após uma denúncia de La Liga, a liga espanhola de futebol, os torcedores foram identificados com a ajuda das imagens de câmeras de segurança do estádio.  Antes de serem condenados, os acusados leram uma carta em que pediam desculpas a Vini Jr, à liga espanhola e ao Real Madrid. O reencontro do atacante com os torcedores do Valencia aconteceu no fim de março, em partida válida pelo Campeonato Espanhol.

Nove meses antes, ele foi chamado de “mono” (macaco, em espanhol) no mesmo estádio. O jogador passou a ser tratado como “mentiroso” por parte da torcida do Valencia devido ao episódio, sob o argumento de que aquele teria sido um ato isolado, pelo qual os racistas já foram identificados.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.