LEI DO PANTANAL - ASSEMBLEIA - junho e julho

Caravina passa a integrar colegiado para acompanhar concessão da BR-163

05/07/2024 07h38
Por: Redação
Fonte: Assessoria Deputado Pedro Caravina
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O deputado estadual Pedro Caravina (PSDB) passou a integrar a ‘Comissão Temporária de Representação para Acompanhamento da Concessão da BR-163/MS’, em trecho denominado “Rota do Pantanal”, por ato da Mesa Diretora da Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul). 

A atuação de Caravina na Casa se destaca em vários setores da administração pública, especialmente na obra de repactuação da rodovia, de responsabilidade da concessionária CCR MS Via.
Caravina já participa de importantes comissões temáticas, como a CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) e a Frente Parlamentar Municipalista, reforçando sua dedicação a múltiplos aspectos da administração pública. 

O parlamentar, agora membro do colegiado juntamente com sua colega de bancada, Mara Caseiro (PSDB), conforme Ato 81/2024 publicado no Diário Oficial da Alems na última quarta-feira, amplia seu campo de atuação ao fiscalizar a concessão da BR-163.

O deputado tem uma postura ativa em questões importantes para o Estado, destacando-se por sua preocupação com a segurança e o bem-estar dos cidadãos.

Recentemente, ele questionou o andamento do processo de repactuação do contrato de concessão entre a ANTT e a CCR MS Via, além da previsão para retomada das obras de duplicação e construção de terceira faixa na BR-163. 

Sua maior preocupação reside na cobrança elevada do pedágio e nos acidentes fatais que continuam ocorrendo sem uma previsão clara para a conclusão das obras.

Criação da Comissão

A Comissão Temporária de Representação para Acompanhamento da Concessão da BR-163/MS foi instituída pelo Ato 73/2024, e conta, além de Caravina e Mara Caseiro, com os deputados Junior Mochi (MDB), Pedro Kemp (PT), Roberto Hashioka (União) e Pedrossian Neto (PSD). 

O colegiado originou-se de uma designação inicial para acompanhar a audiência pública realizada pela ANTT em 22 de março de 2023 na Alems. Durante a audiência, foi informado que os custos relativos à concessão do trecho Rota do Pantanal, que compreende 379,6 quilômetros ligando Campo Grande à divisa com Mato Grosso, somam R$ 7,1 bilhões, a serem investidos nos 30 anos do novo contrato.
Com de 379,6 quilômetros, a Rota do Pantanal compreende trecho que liga o entroncamento com a BR-262/MS, em Campo Grande, ao fim da Ponte Rio Correntes, na divisa com Mato Grosso. 

A participação do tucano na Comissão Temporária reforça seu compromisso em fiscalizar e garantir que as obras de infraestrutura atendam aos interesses da população, proporcionando maior segurança e eficiência nas rodovias do Estado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.