LEI DO PANTANAL - ASSEMBLEIA - junho e julho

MP adota inteligência artificial para reconhecer incêndios no Pantanal

Ação de monitoramento foi anunciada em parceria com o IHP, na sexta-feira (5)

06/07/2024 09h38
Por: Redação
Fonte: Campo Grande News
Vista do Pantanal pegando fogo, em Corumbá. (Foto: Ângelo Rabelo, Arquivo/IHP)
Vista do Pantanal pegando fogo, em Corumbá. (Foto: Ângelo Rabelo, Arquivo/IHP)

Acordo entre o MPMS (Ministério Público Estadual) e o Instituto Homem Pantaneiro vai usar da inteligência artificial para reconhecer incêndios no Pantanal sul-mato-grossense. O ato oficial que anunciou a iniciativa aconteceu no fim da tarde desta sexta-feira (5), na sede da organização, em Corumbá - distante 428 quilômetros de Campo Grande.

Conforme anunciado pela assessoria de comunicação, o órgão terá acesso integral e em tempo real ao sistema de monitoramento Pantera, mantido pelo IHP em parceria com a startup Um Grau e Meio.

"Este sistema utiliza inteligência artificial para identificar sinais de fumaça e reconhecer incêndios em questão de minutos, proporcionando uma resposta mais rápida e eficaz do que os métodos tradicionais de rastreamento por satélite", diz a nota enviada à imprensa.

O sistema citado já opera na região do Alto Pantanal, monitorando até 1 milhão de hectares, incluindo a Serra do Amolar, 24 horas por dia, sete dias por semana, com cinco câmeras instaladas em locais remotos sem acesso por estradas.

O acordo tem vigência até outubro de 2024, período crítico para incêndios devido à estiagem. Segundo monitoramento do Nugeo (Núcleo de Geotecnologias) 8.836,35 hectares foram afetados por incêndios entre o período de 10 de maio a 10 de junho.

Telas fazem o monitoramento em tempo real com uso de câmeras. (Foto: Reprodução/MPMS)
Telas fazem o monitoramento em tempo real com uso de câmeras. (Foto: Reprodução/MPMS) 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.