LEI DO PANTANAL - ASSEMBLEIA - junho e julho

Bolsonaro critica a ‘grande imprensa’ e diz estar disponível para sabatina

06/07/2024 17h55
Por: Redação
Fonte: Terra Brasil Noticias
Foto: André Borges/Bloomberg
Foto: André Borges/Bloomberg

No último sábado (06/07), o ex-presidente Jair Bolsonaro marcou presença na Conferência Anual de Ação Política Conservadora (CPAC Brasil), realizada em Balneário Camboriú, Santa Catarina. Em um discurso repleto de fervor patriótico, Bolsonaro falou sobre sua visão para o Brasil, rejeitou qualquer ambição pessoal pelo poder e criticou severamente a cobertura da grande imprensa.

Durante a abertura do evento, Bolsonaro, cercado por apoiadores, expressou sua disposição para enfrentar críticas e destacou o papel das mídias sociais como ferramenta de liberdade de expressão. “Não busco o poder por si só, minha verdadeira obsessão é ver um Brasil melhor”, declarou o ex-presidente.

Ao longo de sua fala, Jair Bolsonaro enfatizou sua disponibilidade para participar de uma sabatina ao vivo, desafiando diretamente a imprensa. Segundo ele, essa seria uma oportunidade para discutir abertamente qualquer assunto, sem edições ou manipulações, prometendo uma audiência recorde para o evento. “Estou pronto para conversar por duas horas, ao vivo. Quero ver se vão me desgastar na frente de todos”, desafiou.

Bolsonaro e sua visão de unidade e fortalecimento da direita

Além de enfrentar a imprensa, Bolsonaro também se dirigiu aos seus simpatizantes no evento, reforçando a ideia de que a união da direita é crucial para o futuro do país. “Juntos, podemos redimensionar o nosso destino como nação. Temos uma base forte de cristãos, pessoas honestas e trabalhadoras”, proclamou. Ele manifestou confiança de que o evento CPAC serviria como um catalisador para fortalecer ainda mais as fileiras conservadoras no Brasil.

Participação Internacional no CPAC

Javier Milei, presidente da Argentina, foi um dos convidados notáveis do evento e, segundo Bolsonaro, sua presença ressaltou a importância do CPAC como um ponto de encontro influente para líderes conservadores da América Latina. Milei, que participou do evento em um caráter privado, sem compromissos oficiais com o governo brasileiro, também é conhecido por suas políticas de direita.

Com discussões acaloradas e declarações provocativas, o CPAC 2024 não apenas capturou a atenção do público brasileiro como também ressaltou a continuidade do movimento conservador no Brasil, mesmo após o fim do mandato de Bolsonaro. Com olhos fixos no futuro, os participantes do CPAC deixaram claro que a direita brasileira continua coesa e pronta para influenciar os rumos do país nos próximos anos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.