LEI DO PANTANAL - ASSEMBLEIA - junho e julho

Petrobras anuncia aumento de 7,12% no preço da gasolina

Reajuste entra em vigor a partir desta terça-feira

08/07/2024 17h03
Por: Redação
Fonte: correiodoestado
Petrobras anuncia aumento de 7,12% no preço da gasolina - Reprodução: Agência Brasil
Petrobras anuncia aumento de 7,12% no preço da gasolina - Reprodução: Agência Brasil

A Petrobras comunicou nesta segunda-feira (8), que a partir de terça-feira (9), o preço do litro da gasolina será aumentado em R$ 0,20, elevando o preço para as distribuidoras para R$ 3,01 por litro, um aumento de 7,12%.

Espera-se um acréscimo de R$ 0,15 por litro no preço final da gasolina para o consumidor, que contém 27% de etanol em sua composição. No entanto, o valor nos postos pode variar devido às margens de lucro dos revendedores e distribuidores, além dos custos de transporte.

Segundo a Petrobras, este é o primeiro ajuste no preço da gasolina em 2024. O último ajuste foi uma redução de 4% em 21 de outubro de 2023, com o último aumento de 16% ocorrendo em 16 de agosto do mesmo ano.

GLP

Além disso, a Petrobras também aumentará o preço do gás de cozinha (GLP) em R$ 3,10 por botijão de 13 kg (9,81%), elevando o custo para R$ 34,70. A última mudança no preço do GLP foi uma queda de 3,9% em 1º de julho de 2023, enquanto o último aumento de grande escala, de 24,9%, ocorreu em 11 de março de 2022.

Campo Grande

Em Campo Grande, durante o mês de junho, os motoristas  tiveram que se planejar mais para abastecer. Segundo a pesquisa divulgada pela Secretaria Executiva de Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), a depender da forma de pagamento e do posto, o preço do combustível na capital pode variar em até 14,64%

A maior variação foi encontrada no valor do litro da gasolina aditivada com pagamento no crédito. Os valores nessa categoria variaram de R$ 5,39 a R$ 6,19 (14,64%) o litro, enquanto a menor variação foi a do diesel S10 aditivado, com preços que foram de R$ 5,99 a R$ 6,08 (1,5%). 

No entanto, apesar disso, a gasolina comum e o etanol ficaram mais baratos comparados ao mês de maio.

Conforme a pesquisa, a gasolina comum apresentou uma redução de 0,54% e o etanol de 1,12% na capital. 

Você pode conferir a matéria completa aqui.

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.